Fonte: Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Set./2010